domingo, julho 21, 2002

É minha gente... o gato subiu no telhado... a vaca foi pro brejo... a fonte secou... a casa caiu. Os 7 reais? Se foram. Alguns trocados empenhado na comida, outros no ônibus. Um real apostado em loteria, o último recurso do desesperado. Não deu. Não acertei nenhuma dezena. Agora só me resta dizer adeus.
Se vocês têm boa memória, devem se lembrar que há pouco mais de um mês comecei a publicar minha desgraça, a história da minha queda final. Não consegui os recursos nem o emprego pra me sustentar. Agora já era.
Antes de ser desalojado do apê, resolvi sair de casa com a malinha na mão. Um gol de honra pra não perder de zero. Desejo melhor sorte a vocês, a sorte que eu não tive.

A gente se vê pelas esquinas.

Falow.